quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

4a Viagem a Porto Alegre de moto - volta, dia 1

Um dia de vários sabores. Começou na noite anterior, que como toda noite imediatamente antes de uma viagem de moto, foi péssima. Sempre me vêm montes de pensamentos ruins e eu acordo mil vezes achando que já está na hora de sair. Interessante que esses pensamentos desaparecem e não voltam mais tão logo a viagem começa.

Saímos às 7h de POA. Decidimos ir pela BR-116 para escapar dos veranistas praianos e para Marcelo aproveitar a estrada que é deliciosamente cheia de curvas. A estrada estava super vazia - domingo, cedo, temporada de praia, nós na serra. Uma delícia!

À medida que subimos a serra um inesperado frio apareceu! Em Caxias fazia só 16 graus, bem geladinho. Tivemos que parar para Marcelo colocar uma outra blusa por baixo, porque a jaqueta ventilada dele deixa passar todo o vento. O guri tava pilotando congelado!

Mais adiante, já por Vacaria, paramos para um café quente e abastecimento. A temperatura tinha subido para uns 20 confortáveis graus com sol. Atravessamos a divisa com esse tempo bom e eu aproveitei para tirar as últimas fotos do meu RS querido enquanto Marcelo pilotava.

Hoje nossos trechos novos estavam todos em SC. Nosso roteiro entrava em Lages e descia pela BR-470 até Blumenau, para terminar em Joinville. Pegamos um pedacinho da já conhecida BR-282 mas logo saímos dela para a SC-114. Essa estradinha que conecta as duas BRs foi a surpresa do dia - está sendo toda repavimentada com concreto! E é uma camadona de uns 30cm de concreto! Excelente para rodar e acho que vai durar 100 anos. Estranho ver algo tão bom em termos de obra pública viária.

A BR-470, objetivo do dia, foi a grande decepção. Uma bosta de estrada. Piso em más condições, trânsito pesado, montes de radares de 50km/h e paisagens sem graça. Se eu tivesse uma lista de estradas para NÃO andar de moto essa estaria nela com certeza.

Aliás, impressionou o trânsito de carros pequenos nos dois sentidos das estradas da região de Blumenau e Joinville nessa tarde de domingo. Talvez seja por conta dos radares de 50km/h que fazem todo mundo agrupar, ou era movimento de retorno de verão, não sei. O que sei é que os últimos 150km de hoje foram muito xaropes por causa do tráfego pesado.

Mas no geral, foi um bom dia de viagem. Sem sustos, sem perigos, sem chuva, tudo numa boa.

Roteiro do dia:


Na saída, prontos para muita estrada!


Paisagens lindas da região de Vacaria/RS, campos de cima da serra.


 

A divisa RS/SC é logo ali depois da curva...


Taí a ponte sobre o Rio Pelotas. Meu Rio Grande fica para trás.


Rio Pelotas.


A estrada de concreto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário